Como escolher

Saiba como escolher a cadeira auto ideal para o seu filho

Encontram-se hoje no mercado imensas opções de cadeiras auto para bebés e crianças. Esclareça aqui as principais dúvidas antes de comprar a sua.
24 de março de 2021
Criança em uma cadeira auto

Com imensa opção de cadeiras auto, é normal que os papais, principalmente os de primeira viagem, fiquem confusos com tanta informação e acabem por não saber qual a cadeira auto escolher para o seu bebé. A cadeira auto do seu filho deve estar de acordo com a idade, o tamanho e a altura do seu filho, deve ser segura (pois possui bons resultados nos testes independentes) e de qualidade.

Neste post, vamos explicar tudo o que você precisa saber para escolher a melhor cadeira para o seu filho, tendo sempre a segurança em primeiro lugar.

O que diz a legislação?

De acordo com o artigo 55º do Código da Estrada: “As crianças com menos de 12 anos de idade transportadas em automóveis equipados com cintos de segurança, desde que tenham altura inferior a 135 cm, devem ser seguras por sistema de retenção homologado e adaptado ao seu tamanho e peso”.

Os sistemas de retenção mencionados no Código são as famosas cadeiras auto, e essas devem ser homologadas antes de entrarem no mercado, para garantir que cumprem as normas de segurança. Atualmente, existem dois regulamentos em vigor para homologação das cadeiras auto, ambos válidos em toda a União Européia.

Regulamento ECE R44/04 (grupos por peso)

O Regulamento ECE R44 teve início em 1982 e atualmente está na versão 04, aprovada em 2005 (cadeiras homologadas nas versões anteriores 01, 02 e 03 não podem mais ser utilizadas).

Esse Regulamento divide as cadeiras por grupos de peso das crianças. Essa é a norma que define os grupos 0, 1, 2 e 3 que estamos acostumados a ver nos anúncios das cadeiras auto.

Regulamento ECE R129 (faixas de altura i-Size)

Aprovado em 2013, o Regulamento R129 passou a exigir novos testes e requisitos extras de segurança. A principal diferença percebida é que a classificação passa a ser feita por faixas de altura das crianças que estão aptas a transportar, ao invés do peso.

As cadeiras homologadas por essa norma recebem o selo i-Size de aprovação com a informação da faixa de altura adequada para a cadeira.

A R129 prevê a utilização do Isofix (e não cinto de segurança), torna universal a fixação superior (top-tether) ou o pé de suporte e estabelece um limite claro para a carga máxima dos pontos de ancoragem Isofix (o peso da cadeira mais o peso da criança está limitado aos 33 kg).

As cadeiras i-Size têm limite de peso?

Sim. A legislação obriga que toda cadeira i-Size seja homologada com um limite máximo de peso, além da faixa de altura. Vejamos o que a Maxi-Cosi fala sobre o limite de peso de 12 kg para a Maxi-Cosi Pebble Plus i-Size (de 45 a 75 cm de altura):

"As cadeiras auto para crianças i-Size (R129) são classificadas em uma faixa de tamanho, mas a legislação também exige a indicação do peso máximo do bebé. O Pebble Plus é adequado para bebés desde o nascimento (45 cm) até 75 cm. O limite de peso de 12 kg no Pebble Plus refere-se ao peso percentil 95 de uma criança de 75 cm. Isso significa que apenas 5% das crianças terão mais de 12 kg de peso quando atingirem 75 cm."

Ou seja, em 95% dos casos, o bebé atingirá o limite de altura antes de atingir o limite de peso da cadeira, mas é sempre bom ficar atento ao peso máximo permitido de acordo com o manual do produto.

O Regulamento R129 (i-Size) vai substituir o R44/04?

Provavelmente sim. Porém, isso ainda não tem data para acontecer. O Regulamento R44/04 e suas homologações continuarão válidos durante um período de transição por tempo indeterminado. Os produtos homologados pela norma R129 ainda são minoria no mercado e é provável que a norma R44/04 continue válida por vários anos.

Escolha uma cadeira que possua bons resultados nos testes independentes

Apesar de todas as cadeiras homologadas passarem por testes antes de serem aprovadas, algumas apenas atendem aos requisitos mínimos obrigatórios por lei. Entretanto, quando o assunto é a segurança dos nossos filhos, o mínimo não é suficiente.

Temos um post que fala exclusivamente sobre esse tema. Lá você encontra informações detalhadas sobre como saber se uma cadeira auto é mesmo segura.

Em resumo, o ideal é procurar uma cadeira que possua testes realizados por entidades independentes, como a ADAC e o Plus Test.

Veja a nossa secção com todos os resultados dos testes da ADAC desde 2015 e descubra quais foram os resultados da sua cadeira auto.

Divisão por grupos de peso

A grande maioria das cadeiras auto disponíveis hoje no mercado estão homologadas pela certificação R44/04, que faz a classificação levando em consideração o peso da criança.

Cada cadeira pode estar homologada para permitir o transporte de um ou mais grupos. Veja quais são:

Grupo 0+ (do nascimento até 13 kg)

Para bebés de 0 a 18 meses, aproximadamente.

Também chamadas de “ovo”, a norma R44 determina que as cadeiras desse grupo devem ser instaladas de modo a transportar os bebés no sentido contra a marcha e em posição reclinada. Isso é feito, pois nessa idade, os músculos do pescoço do bebé ainda não estão fortes o suficiente para sustentar o peso da cabeça. Dessa forma, no caso de uma colisão frontal (que são as mais comuns), a posição do bebé virado no sentido contra a marcha é a mais segura.

Apesar de existirem algumas cadeiras homologadas apenas para o grupo 0 (até 10 kg), a maioria é homologada no grupo 0+, permitindo a utilização até os 13 kg.

Nos grupos 0+ e 1, a criança utiliza um arnês de segurança integrado da própria cadeira. Para bebés recém-nascidos, é comum a utilização de um redutor acolchoado para permitir o posicionamento correto do arnês. A cadeira é fixada ao veículo através da instalação com sistema Isofix ou cinto de segurança.

Grupo 1 (de 9 a 18 kg)

Para bebés e crianças de 1 a 4 anos, aproximadamente.

Rear Facing até os 4 anos/18 kg/105 cm

Para manter seu filho seguro, você deverá transportá-lo no sentido contra marcha o máximo de tempo possível (algumas cadeiras auto fazem rear facing até os 25 kg). Há estudos que recomendam que as crianças devem viajar no sentido contrário à marcha pelo menos até os 3 ou 4 anos de idade. Essa é a posição mais segura para o pescoço e coluna dos bebés, e também das crianças mais pequenas, pois, embora já sustentem o peso da própria cabeça, ainda possuem músculos e ossos em desenvolvimento.

O Bebé Seguro apoia essa ideia e incentiva os papais e mamães a comprarem cadeiras do grupo 1 que permitam o transporte no sentido contra marcha até o 4 anos.

Alguns pais acreditam que os filhos ficam desconfortáveis ao serem transportados contra marcha porque, muitas vezes, as pernas aparentam não caber direito. Mamãs e papás, lembrem que lesões na perna são muito mais fáceis de serem cuidadas que lesões na coluna.

Grupo 2 (de 15 a 25 kg)

Para crianças de 4 a 8 anos, aproximadamente.

As cadeiras do grupo 2 são instaladas no sentido da marcha (viradas para a frente) e, a partir desse grupo, a criança passa a utilizar o cinto de segurança de três pontos do próprio veículo.

A principal função da cadeira nos grupos 2/3 é posicionar a criança de forma adequada e permitir a utilização segura do cinto. Sendo assim, a cadeira deve elevar a criança e dar apoio à cabeça e às costas. Além disso, também possui dispositivos para garantir que o cinto de segurança do veículo esteja sempre posicionado da maneira correta no quadril e no peito.

Algumas cadeiras possuem proteção extra nas laterais, ajustes de inclinação das costas e todas tem apoio de cabeça ajustável em altura, para adaptar-se ao crescimento da criança.

Extented Rear Facing

Como já falamos aqui, nós do Bebé Seguro, acreditamos que devemos levar a criança no sentido contramarcha o maior tempo possível, e hoje no mercado é possível encontrar cadeiras auto 0+/1/2 que podem ser utilizadas até os 25 kg.

Grupo 3 (de 22 a 36 kg)

Para crianças de 8 a 12 anos, aproximadamente.

As cadeiras do grupo 3 tem funcionamento semelhante às do grupo 2. Servem para elevar e posicionar a criança de modo a garantir a utilização correta do cinto de segurança de três pontos do veículo. É comum que as cadeiras do grupo 3 possuam proteção nas laterais, apoio para a cabeça e para as costas, principalmente quando são homologadas para os grupos 2/3 simultaneamente.

De acordo com a legislação, ´é obrigatório o uso da cadeira auto ou banco elevatório do grupo 3 até a criança ter 135 cm de altura ou 12 anos. A partir dessa altura, o ideal é verificar a ergonomia da criança de acordo com o modelo do carro. O cinto de segurança deve estar posicionado sobre o quadril e a faixa diagonal deve estar naturalmente posicionada sobre o peito, longe do pescoço. Caso isto não seja possível somente com a altura da criança, o ideal é manter o uso do banco elevatório por mais tempo.

Embora a legislação portuguesa adote 135 cm, a Diretiva Europeia 2003/20/EC recomenda até os 150 cm. Então, se for possível, recomenda-se o uso da cadeira auto até os 150 cm. Você pode encontrar algumas no mercado que chegam, como a Cybex Solution Z i-Fix.

Bancos elevatórios

O grupo 3 também permite a utilização dos chamados “bancos elevatórios”, cuja única função é elevar a altura da criança e permitir o uso do cinto de segurança do veículo.

Vale lembrar que o banco elevatório (são homologados até 36 kg) só deve ser utilizado como última opção, quando não for possível utilizar a cadeira auto.

Tipos de instalação

As cadeiras auto podem ser instaladas de duas formas: com o cinto de segurança de três pontos do veículo ou com o sistema de instalação Isofix. Algumas cadeiras estão homologadas para permitir os dois tipos de instalação.

O que é o sistema Isofix?

Sistema de conexão Isofix
Sistema de conexão Isofix

Isofix é o padrão internacional do sistema de instalação de cadeiras auto. O sistema Isofix é composto por três pontos de ancoragem: dois pontos na parte inferior do apoio das costas do banco traseiro e um terceiro ponto (top-tether) de ancoragem atrás do banco traseiro ou localizado próximo ao teto do veículo.

O que é top-tether?

Top tether
Top tether

O terceiro ponto de ancoragem do sistema Isofix universal é conhecido como top-tether. A função do top-tether é evitar o tombamento frontal da cadeira em caso de colisão.

Top-tether na cadeira auto
Top-tether na cadeira auto

Uma vez que os dois pontos de ancoragem do assento fixam a parte inferior da cadeira, o top-tether é responsável por segurar a parte superior da cadeira. No sistema Isofix semi-universal, o terceiro ponto de ancoragem é realizado por um pé de apoio no piso do veículo, sem top-tether.

Pé de apoio na cadeira auto
Pé de apoio na cadeira auto

O top-tether é necessário somente em cadeiras equipadas com o sistema Isofix. As cadeiras sem Isofix são instaladas com o cinto de segurança e a função do top-tether (de evitar o tombamento frontal da cadeira em caso de colisão) é feita pela faixa diagonal do cinto de segurança de três pontos do veículo.

O Isofix é mais seguro?

O Isofix torna o processo de instalação da cadeira menos propenso a falhas humanas, por isso é considerado mais seguro.

A instalação é feita pressionando os conectores Isofix da cadeira contra a estrutura de metal no assento do veículo até ouvir-se um “click”, indicando que a conexão foi feita. Depois basta conectar o top-tether atrás do assento. Além disso, muitos conectores Isofix dispõem de indicadores luminosos ou coloridos para indicar se a conexão foi bem-sucedida ou não.

Uma cadeira instalada de maneira correta com o cinto de segurança do veículo é considerada tão segura quanto uma cadeira com o sistema Isofix, porém, a instalação com o cinto precisa ser feita com mais cuidado para não haver erros.

Isofix universal x semi-universal

Essas duas classificações diferenciam-se apenas pela localização do terceiro ponto de ancoragem.

No Isofix universal, o terceiro ponto de ancoragem é o top-tether, conectado atrás do assento. Já no sistema Isofix semi-universal, essa função é realizada por um pé de apoio no piso do veículo.

Os dois tipos de ancoragem realizam a mesma função: evitam o tombamento frontal da cadeira em caso de colisão. O sistema semi-universal tem esse nome porque não é compatível com os veículos que possuem porta-objetos no piso, pois esses podem afundar em caso de colisão, impedindo assim a eficácia do pé de apoio sobre o piso.

Todo carro tem Isofix?

Não. Antes de comprar a sua cadeira com Isofix é necessário verificar se o seu carro dispõe de conectores Isofix. De acordo com a ECE R14, todos os carros produzidos na Europa, desde fevereiro de 2013, têm obrigatoriamente Isofix e conexões para top-tether.

Posso instalar a cadeira no banco da frente?

Segundo o Código da Estrada, a criança pode ser transportada no banco da frente: se tiver 12 anos ou mais (mesmo sem 135 cm de altura), se tiver 135 cm ou mais de altura (mesmo que menor de 12 anos) e se tiver mais de 3 anos e o automóvel não possuir bancos traseiros ou se aqueles não dispuserem de cintos de segurança (o transporte deverá ser feito através de cadeira auto).

Para que uma criança com menos de 3 anos de idade seja transportada no banco da frente, é necessário que o airbag esteja desligado e a cadeira deverá estar virada para a retaguarda (Rear Facing).

Sempre que possível, é recomendável instalar a cadeira no banco traseiro. Esse é o local mais seguro do carro para transportar bebés e crianças.

Como saber se o meu carro é compatível com a cadeira?

Antes de tudo é necessário consultar o manual do carro para saber se há conectores Isofix e locais para fixação do top-tether disponíveis. Lá você também encontrará a indicação de quais assentos do veículo a cadeira poderá ser instalada.

Uma vez que tenha se interessado por algum modelo de cadeira, vá ao site do fabricante, consulte o modelo da cadeira e a secção de compatibilidade. Na maioria das vezes essa informação estará disponível no site da marca. Caso não esteja, entre em contacto com o fabricante ou vá até uma loja.

Selecionamos algumas marcas famosas para te mostrar como verificar a compatibilidade da cadeira, confira abaixo.

Cybex/Britax Römer/Bébé-Confort

No site da Cybex (na secção "mais informação" da cadeira escolhida), e no da Britax Römer (no Fit Finder da cadeira escolhida), é possível conferir a compatibilidade. Caso você tenha interesse em uma cadeira auto Bébé-Confort, aceda ao link da ferramenta de seleção de cadeira auto.

Veja a seguir, por exemplo, a compatibilidade da Cybex Aton 5 com os carros da Renault:

Compatibilidade da Cybex Aton 5 com carros da Renault
Compatibilidade da Cybex Aton 5 com carros da Renault
Fonte:Cybex

Cadeiras auto de segunda mão

As cadeiras auto de segunda mão não são aconselhadas. Como nosso lema é segurança em primeiro lugar, quando compramos uma cadeira auto em segunda mão (a não ser que seja uma pessoa de confiança), não podemos saber se as cadeiras já se envolveram em acidentes, o tempo de uso, a forma de conservação, se entre outros aspectos, que colocam a segurança da cadeira auto em questão.

Acha que nosso post pode ajudar mais alguém? Partilhe!
Link copiado